Dilma Rousseff escolhe mais dois ministros para o STJ

Dilma Rousseff escolhe mais dois ministros para o STJ

A presidente da República, Dilma Rousseff, escolheu na noite desta quarta-feira (6/7) dois novos ministros para o Superior Tribunal de Justiça. Os desembargadores Marco Aurélio Buzzi, de Santa Catarina, e Marco Aurélio Bellizze, do Rio de Janeiro, receberam a notícia de sua indicação, por telefone, do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Os dois, agora, serão sabatinados pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado e precisam ter seus nomes aprovados pelo plenário para tomar posse da cadeira de ministro no STJ. Os dois são juízes de carreira e ocuparão as vagas destinadas a desembargadores estaduais. A indicação deve ser publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (7/7).

Buzzi e Bellizze compunham uma lista com quatro nomes enviada à Presidência da República pelo STJ. Foram os dois únicos que obtiveram os 17 votos mínimos necessários para compor a lista já no segundo escrutínio da eleição feita pelos 27 ministros que hoje compõem o tribunal superior.

A escolha foi feita em uma sessão de duas horas no dia 15 de junho. Buzzi recebeu 22 votos e Bellizze, 17. Os dois foram escolhidos em meio a uma disputa acirrada entre o presidente do STJ, ministro Ari Pargendler, e outros ministros do tribunal (clique aqui para ler reportagens sobre a disputa).

Marco Aurélio Buzzi tem 52 anos e é juiz há 29. Foi um dos mais novos juízes brasileiros, ao passar em primeiro lugar em concurso público com 23 anos de idade. No TJ catarinense, atua na área cível, julgando processos de Direito Comercial. Fez quase toda a carreira em cidades do interior de Santa Catarina.

O desembargador fluminense Marco Aurélio Bellizze tem 47 anos e atua na área penal, uma das mais carentes hoje no STJ. É considerado liberal nas teses jurídicas e rigoroso na análise das provas. Costuma seguir a jurisprudência consolidada dos tribunais superiores. Já foi promotor de Justiça.

Esta entrada foi publicada em Destaques. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta