CJF libera mais de 433 milhões de reais para RPVs

O presidente do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Ari Pargendler, liberou nesta terça-feira (21), aos tribunais regionais federais (TRFs), limites financeiros de R$ 433.363.154,36 para pagamento de requisições de pequeno valor (RPVs) na Justiça Federal.
As requisições se referem a dívidas judiciais da União e de órgãos públicos federais, autuadas em agosto de 2010. O depósito desses valores na conta dos beneficiários é feito pelos TRFs, de acordo com seus cronogramas próprios.
 
Os recursos liberados atendem à classificação das despesas realizadas segundo a natureza do crédito, seja alimentícia e não alimentícia. Os débitos de natureza alimentícia são aqueles decorrentes de salários, vencimentos, proventos, pensões e suas complementações, benefícios previdenciários e indenizações por morte ou invalidez.
 
Do total geral, R$ 304.691.233,61 correspondem a processos previdenciários – revisões de aposentadorias, pensões e outros benefícios – que perfazem um total de 45.193 ações, beneficiando 52.065 pessoas em todo o país.
 
RPVs a serem pagas em cada Região da Justiça Federal:
 
TRF da 1ª Região (sede Brasília-DF, abrangendo os estados de MG, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO, AP)
Geral: R$ 123.365.770,34
Previdenciárias: R$ 94.919.298,84– 12.813 pessoas beneficiadas
 
TRF da 2ª Região (sede no Rio de Janeiro-RJ, abrangendo também o ES)
Geral: R$ 53.148.932,06
Previdenciárias: R$ 24.635.683,37– 2.382 pessoas beneficiadas
 
TRF da 3ª Região (sede em São Paulo-SP, abrangendo também o MS)
Geral: R$ 79.105.789,30
Previdenciárias: R$ 64.779.030,57- 8.083 pessoas beneficiadas
 
TRF da 4ª Região (sede em Porto Alegre-RS, abrangendo os estados do PR e SC)
Geral: R$ 94.943.409,55
Previdenciárias: R$ 72.744.677,51 – 17.556 pessoas beneficiadas
 
TRF da 5ª Região (sede em Recife-PE, abrangendo os estados do CE, AL, SE, RN e PB)
Geral: R$ 82.799.253,11
Previdenciárias: R$ 47.612.543,32–   11.231 pessoas beneficiadas
 
Total Geral: R$ 433.363.154,36
 
Total Previdenciárias: R$ 304.691.234
 
Esta entrada foi publicada em Destaques. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta